Atibaia News
Cotação
RSS

Encontro de lideranças políticas da região confirma mudança de Saulo Pedroso e Emil Ono para o PSD

Publicado em 07/10/2019 Editoria: Política sem comentários Comente! Imprimir


Com a presença de Gilberto Kassab, foram definidas metas para a eleição de 2020 que deve ter também Emil Ono como candidato a prefeito de Atibaia.

Armando Teixeira Junior

Aconteceu na última sexta-feira, dia 04 de outubro, o evento de filiações de prefeitos, vereadores e lideranças da região bragantina ao PSD, visando as eleições 2020. O evento que foi realizado no Residence Hotel, contou também com a presença da imprensa e de simpatizantes do partido.

Gilberto Kassab, Roberto Santiago e diversas lideranças regionais presentes falaram um pouco sobre o objetivo do partido que pretende ser o maior da região para as próximas eleições.

Para Atibaia, o resultado foi a adesão das lideranças políticas da situação, entre elas o Prefeito Saulo Pedrosos, os vereadores Marcão do Itapetinga, Reginaldo Ramos e Fabiano de Lima e o Vice-Prefeito Emil Ono, citados nominalmente, mas todo o grupo deve migrar para a sigla.

Como divulgado em reportagem do portal UOL , Gilberto Kassab busca articular a presença do PSD nas eleições municipais em diversas regiões, convidando lideranças de partidos menores, para fortalecer a sigla.

Toda essa movimentação político-partidária acontece também por causa da mudança da lei eleitoral, através da Emenda Constitucional 97/2017, que diminui a importância das coligações e fortalece a individualidade dos partidos. Na prática a emenda termina com as coligações partidárias para as eleições proporcionais para a escolha de deputados federais, estaduais e de vereadores, impedindo que um candidato que receba muitos votos acabe por “puxar” outros que muitas vezes tenham tido resultados quase inexpressivos. Na memória dos eleitores o caso mais famoso seja talvez do deputado federal Tiririca (PR/SP). Em sua reeleição em 2014, por exemplo, ao receber pouco mais de um milhão de votos, ele conseguiu trazer consigo outros 5 candidatos da sua coligação, que mesmo com pouca expressividade nas urnas, se beneficiaram do voto proporcional. Essa prática, portanto, não existirá mais em 2020.

Mudança de partido indica possível candidatura de Saulo e Roberto Santiago para os cargos de deputado estadual e federal e de Emil Ono para a Prefeitura de Atibaia em 2020

Em suas falas Gilberto Kassab definiu o encontro como uma “reunião dos tempos modernos”, que tem como prioridade a estruturação do seu partido PSD na região, impulsionada também pelas mudanças que devem trazer uma nova dinâmica para as eleições de 2020.

“Acabou a fase do “namoro” entre partidos. Isso não quer dizer que acabou o respeito entre os partidos, que acabou a aliança partidária, mas alianças agora ficam para a governabilidade. Porque o grande cacife dos partidos é sua presença nos municípios, a sua votação…. Não há partido agora que consiga se erguer se não tiver candidatos a prefeito e no mesmo partido candidato a vice e chapa fechada para vereadores completa.” Afirmou Kassab.

Roberto Santiago seguiu a mesma linha, ao dizer que esse formato torna o eleitor mais exigente com os políticos que tem apenas uma opção: “Ou mostra serviço para a sociedade ou está fora.”  Para o ex-deputado a ausência de coligações provavelmente irá diminuir o número de partidos, prevendo que apenas de 6 a 8 irão de fato ter representatividade no país.

“As eleições de 2020 não terão as coligações partidárias, ou você monta partido, ou você vai esquecer de ser político. A verdadeira liderança política vai surgir a partir das eleições de 2020. Os partidos vão se consolidar em 2020. Não terá mais aquilo de determinado político se eleger por uma coligação… isso acabou.” Afirmou Santiago.

No encontro ficou também claro que o atual prefeito de Atibaia, Saulo Pedroso é visto como uma liderança regional, e que deve ser nome certo do PSD para as eleições a deputado Federal/Estadual. Ao explicar os motivos da mudança de partido, Saulo Pedroso, (que já teve vínculo com o PSD, tendo sido eleito em 2012 pelo partido) afirmou que atualmente faz falta para a região um representante junto ao governo federal e ao governo do estado, lembrando a ausência de deputados eleitos.

“A necessidade que uma região tem de ter uma liderança, de ter um nome, de ter uma posição política mais consolidada, mas encorpada para viabilizar os equipamentos públicos que nossa região hoje carece. Colocar nossa região de forma mais consistente no mapa de atuação do governo do estado e do Brasil.”

Em outro momento, Saulo colocou o vice-prefeito Emil Ono como o provável candidato da situação ao cargo de prefeito em 2020.

No encontro foi citado também o objetivo do PSD na região bragantina, que é lançar candidaturas a prefeito em todas as 20 cidades da região, assim como contar com uma base forte de vereadores eleitos.

› FONTE: Atibaia News (portalatibaianews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário