Atibaia News
Cotação
RSS

Roberta Barsotti solicita à Prefeitura informações sobre índices de violência doméstica no município

Publicado em 22/05/2020 Editoria: Social sem comentários Comente! Imprimir


“Toda essa situação de isolamento social acaba agravando as condições de pessoas vulneráveis, como mulheres e crianças”, alertou

A vereadora Roberta Barsotti apresentou na última sessão da Câmara, realizada na terça-feira, 19 de maio, um requerimento em que solicita ao Poder Executivo informações acerca dos índices de violência doméstica no município. “Segundo documento expedido pela ONU, em virtude do atual momento de calamidade pública no enfrentamento ao COVID-19 e a recomendação para que todos permaneçam em casa, houve um aumento no número de casos de violência doméstica em muitos países”, relatou.

Em sua fala na tribuna, a vereadora conta que no Brasil os casos também aumentaram, especialmente no Estado de São Paulo, que teve um crescimento de aproximadamente 44% dos casos de violência doméstica. “Toda essa situação de isolamento social, bem como as questões sociais e econômicas envolvidas nesse cenário, acaba agravando as condições de pessoas vulneráveis, especialmente de mulheres”, alertou.

“Em Atibaia, a Coordenadoria Especial da Mulher realiza o atendimento e acompanhamento de muitas mulheres que sofrem ou tenham sofrido violência e que permanecem reféns em relacionamentos abusivos. Dessa forma, gostaria que a Prefeitura esclarecesse se os atendimentos realizados pela Coordenadoria da Mulher às mulheres cadastradas foram suspensos durante a quarentena”, indagou no documento.

Roberta faz ainda os seguintes questionamentos: “durante esse período de isolamento social, os índices de chamadas, denúncias e demandas sobre violência doméstica aumentaram? Em caso positivo, qual percentual? Qual o tempo, em média, a mulher vítima de violência tem uma resposta acerca do serviço de proteção? E quais as políticas públicas voltadas à mulher no município de Atibaia?”.

A vereadora lembrou ainda sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, em 18 de maio. “Nesse momento de pandemia, a gente faz um alerta para que as pessoas estejam atentas e denunciem qualquer tipo de abuso que tiverem conhecimento”, salientou.

“A violência doméstica, o abuso de crianças e adolescentes e a saúde mental da população são temas muito importantes e que devem ser debatidos com o objetivo de criar medidas de proteção e inibir esses tipos de casos nos lares de nosso município”, concluiu.

› FONTE: Atibaia News (portalatibaianews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário