Atibaia News
Cotação
RSS

Atibaia vai aderir a campanha de ajuda a vítimas de violência doméstica

Publicado em 29/07/2020 Editoria: Social sem comentários Comente! Imprimir


Com um “x” em vermelho na palma da mão, mulher poderá denunciar nas farmácias que está sendo vítima de agressão

A cidade de Atibaia fará parte de uma importante campanha de ajuda a vítimas de violência doméstica, na qual a mulher poderá fazer a denúncia em farmácias, ao mostrar um “X” escrito em vermelho na palma da mão. Os atendentes e farmacêuticos serão orientados a acionar a polícia, em iniciativa que se torna mais um canal de socorro a pessoas que estão sofrendo abusos dentro de suas casas, algo fundamental neste período de pandemia.

Na sexta-feira (31), a Dra. Carolina Cheque de Freitas, titular da 2ª Vara Criminal de Atibaia-SP, fará uma reunião virtual, em parceria com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social – SADS, para explicar a importância desse projeto no combate à violência doméstica contra a mulher e que as farmácias não terão que participar da autuação ou processo judicial, mas atuarão unicamente como facilitadores da denúncia, cabendo às autoridades dar seguimento às medidas cabíveis. De acordo com as orientações que serão passadas, quando a vítima apresentar o “X” na palma da mão, o atendente deverá ligar para a Polícia ou Guarda Municipal, repassando os dados da vítima (como nome, RG, endereço e telefone), ficando as autoridades encarregadas de dar seguimento na ação. Se possível, o atendente deve conduzi-la a um espaço reservado até a chegada da viatura.

Campanha ‘Sinal vermelho contra a violência doméstica’

A campanha foi criada em junho pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) para socorrer pessoas que estão sendo vítimas de abuso em casa durante a fase de isolamento social. Muitas delas enfrentam dificuldades em denunciar seus agressores, por isso a ideia de disponibilizar um canal silencioso, permitindo que essas mulheres se identifiquem nesses locais e, a partir daí, sejam ajudadas e tomadas as devidas soluções.

Atibaia já oferece várias maneiras para a vítima ser ouvida. Em situações de violência se deve entrar em contato pelos telefones 190 da Polícia Militar, 153 da Guarda Civil Municipal, 180 da Central de Atendimento à Mulher, ou a vítima comparecer diretamente a Delegacia de Policia Civil para registrar o boletim de ocorrência. Quem presencia casos de violência e agressão também pode denunciar pelos mesmos telefones sem a necessidade de se identificar. Casos de violência doméstica também podem ser registrados de forma eletrônica, pelo site delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br. Acesse AQUI o guia com o passo a passo com orientação para registrar ocorrência de violência doméstica e familiar contra a mulher.

› FONTE: Atibaia News (portalatibaianews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário