Atibaia News
Cotação
RSS

Secretaria de Educação planeja protocolo de retorno às aulas presenciais

Publicado em 06/08/2020 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Volta às aulas presenciais ainda não tem data definida, mas Secretaria de Educação já prepara plano de retomada com protocolos sanitários de segurança

Apesar das expectativas, o momento ainda é de incerteza e, por enquanto, ainda não há uma data definida para o retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino de Atibaia. A retomada das atividades presenciais nas escolas públicas municipais e particulares de educação infantil depende do comportamento da curva epidêmica no município e só acontecerá quando as secretarias de educação e saúde avaliarem que é possível fazê-lo de forma segura, sem colocar em risco a saúde dos quase 15 mil alunos da rede, 20 mil pessoas se contarmos professores e funcionários.

Diante de tamanha responsabilidade, a Secretaria Municipal de Educação está se preparando para o desafio representado por esse momento tão delicado e o plano de retomada que está sendo elaborado prevê estratégias sanitárias e pedagógicas que permitirão um retorno gradual e cauteloso tão logo haja a definição de uma data. O governo do estado de São Paulo anunciou a retomada em todos os níveis de ensino das redes pública e particular no dia 8 de setembro, entretanto a confirmação da data está condicionada à permanência de todas as regiões do estado na fase amarela do Plano São Paulo de flexibilização por pelo menos 28 dias.

Atibaia pretende seguir as determinações estaduais, mas a definição de uma data para a reabertura das escolas seguirá critérios próprios de avaliação que levam em conta a situação da epidemia no município e a administração municipal pode ser ainda mais rígida que o estado nas suas decisões, caso julgue necessário. A determinação é retornar somente quando for possível fazer isso de forma segura e, por enquanto, o calendário escolar tem sido definido pela Secretaria de Educação mês a mês, sendo contabilizadas na carga horária do ano letivo as atividades remotas que estão sendo desenvolvidas pelas escolas neste período de suspensão das atividades presenciais.

Medidas para o retorno
O plano preparado pela Secretaria Municipal de Educação prevê uma série de medidas e protocolos rígidos que buscam possibilitar um retorno às salas de aula que seja seguro para toda a comunidade escolar. Estão previstas a contratação de mais equipes de limpeza para que a assepsia das escolas aconteça com mais frequência, a contratação de equipes para fazer a higienização dos ônibus escolares, a compra de termômetros digitais para as escolas e equipamentos de EPI (Equipamentos de Proteção Individual) para os funcionários, a distribuição de kits com máscaras e álcool em gel para todos os alunos, com a disponibilização de álcool em gel em vários pontos das escolas e o treinamento dos servidores.

Além disso, o retorno será gradual, com a limitação da quantidade de alunos à metragem da sala de aula, revezamento de horários de entrada, saída e recreação, sinalização de rotas dentro da escola para minimizar as chances de contato entre alunos e uma rotina rígida de higienização que incluirá protocolos de entrada e saída, convivência, alimentação e educação física, com a suspensão das atividades em grupo. Os segmentos não voltarão todos de uma vez e a Secretaria estuda a possibilidade de adotar um modelo híbrido de ensino, que alternaria atividades presenciais e a distância num primeiro momento da transição.

Em relação às creches, a situação é ainda mais delicada devido às dificuldades de implantar protocolos sanitários rígidos com bebês e crianças muito pequenas, mas a Secretaria de Educação tem trabalhado para encontrar soluções que contemplem também os pequenos.

Além dos protocolos sanitários que serão adotados, estão sendo elaborados planos pedagógicos que preveem aulas de reforço, recuperação contínua e paralela para retomar os conteúdos mais importantes sem sobrecarregar os estudantes no retorno às aulas presenciais. Por enquanto, isso não tem data para acontecer e a definição do calendário escolar depende da evolução da curva epidêmica no município. Mas assim que for possível, as escolas estarão preparadas para receber de volta alunos, professores e funcionários, tomando todos os cuidados para preservar a saúde e o bem-estar de todos.

› FONTE: Atibaia News (portalatibaianews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário