Nova proposta do Sindicato deve viabilizar acordo e por fim a greve dos servidores municipais

Publicado em 21/06/2019 Editoria: Emprego
foto: Facebook

foto: Facebook

O prefeito de Atibaia, Saulo Pedroso de Souza, gravou um vídeo na tarde desta sexta-feira (21), para atualizar as informações sobre a greve dos servidores municipais, diante de dois fatos novos que aconteceram nos últimos dias. Confira o vídeo:

Qual a nova proposta do Sindicato?

A nova proposta citada pelo Prefeito Saulo Pedroso, no vídeo acima, é a seguinte em comparação com a anterior:

O funcionalismo municipal aceitaria o reajuste salarial de 3,94% (desde 01/03/2019) proposto na terça-feira (18) pela Prefeitura e, no próximo ano, mais 1% sobre a inflação.

Foi solicitada a mudança no item da contribuição dos servidores municipais ao serviço de assistência médico-hospitalar, para os funcionários da ativa, passaria dos atuais 25% para 30% na remuneração até R$ 7,5 mil e 50% acima desse valor. Para os inativos não haveria alteração, permanecendo em 50%.

Na primeira contraproposta da Prefeitura apresentada anteriormente e rejeitada pela categoria, haveria um escalonamento nos valores seguindo a seguinte tabela:

Remuneração ate R$ 2.500,00 – 30%
Remuneração de R$ 2.500,01 ate R$ 3.500,00 – 40%
Remuneração de R$ 3.500,01 ate R$ 5.000,00 – 50%
Remuneração de R$ 5.000,01 ate R$ 7.500,00 – 70%
Remuneração de R$ 7.500,01 ate R$ 10.000,00 – 80%
Remuneração de R$ 10.000,01 ate R$ 15.000,00 – 90%
Remuneração acima de R$ 15.000,00 – 100%;

Outro ponto importante é a não coparticipação dos servidores ao serviço de assistência médico-hospitalar.

Esse seria o principal ponto da negociação, uma vez que a proposta anterior da Prefeitura era pagamento de 100% da coparticipação, prevista no contrato do serviço de assistência médico-hospitalar, aos servidores municipais com remuneração até R$ 5.000,00.

Nova assembleia será realizada às 9h da próxima terça-feira (25), na sede do Sindicato.

Ainda de acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Atibaia, não foi enviada uma contraproposta e sim uma “ideia” à Prefeitura com intuito de um entendimento entre as partes.

Segundo apuração da equipe do Atibaia News, havia a possibilidade de uma judicialização do processo, o que atrasaria ainda mais as negociações. Com a nova contraproposta encaminhada via e-mail na noite da última quarta-feira, pelos servidores públicos municipais foi possível uma negociação mais tranquila.

Não havendo novos protestos até a próxima terça-feira, dia 25, a tendência é que um acordo seja firmado entre ambas as partes, em um modelo final bem próximo a última reivindicação da categoria dos servidores públicos municipais.

Para entender melhor os motivos da greve.

Você sabe o que é coparticipação no serviço do convênio médico?

Segundo a Agência Nacional de Saúde, a ANS, a Coparticipação é o valor pago pelo consumidor à operadora em razão da realização de um procedimento ou evento em saúde.

Esse formato de convênio médico deve seguir uma série de resoluções normativas para garantir os direitos do consumidor que paga uma mensalidade mais baixa  todo mês em relação ao convênio médico tradicional, mas deve arcar com um valor (geralmente uma porcentagem) quando solicita algum atendimento ou exame.

Mais informações podem ser conferidas neste link da Agência Nacional de Saúde. 

› FONTE: Atibaia News (portalatibaianews.com.br)